saocamilolelis igreja_matriz

Paróquia São Camilo de Léllis,

"Uma obra de fé, abençoada pelo espírito comunitário dos cristãos da Mata da Praia".

TEMPO DA QUARESMA - ANO B - 22/02/12 a 04/04/12

Inicia-se na quarta-feira de cinzas e termina na quinta-feira santa pela manhã com a benção dos santos óleos.
Tempo de penitência e conversão. É a preparação para a Páscoa do Senhor.

Dia 22/02/12, quarta-feira  de cinzas, dia de jejum e abstinência, inicia-se a Campanha da Fraternidade, cuja finalidade principal é vivenciar e assumir a dimensão comunitária e social da Quaresma.

 

– Tema: “Fraternidade e Saúde Pública”
– Lema: “Que a saúde se difunda sobre a Terra”

 

QUARTA FEIRA DE CINZAS - 22/02/12 – Somos pó e ao pó vamos voltar!


ABERTURA

Senhor, eis aqui o teu povo

SALMO 50

Piedade, ó Senhor

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Louvor e glória a ti, Senhor

DISTRIBUIÇÃO DAS CINZAS

Converter ao Evangelho / Retomar o Salmo 50

OFERENDAS

Eis o tempo de conversão

COMUNHÃO

Agora o tempo se cumpriu

1º DOMINGO - 26/02/12 - Tentação de Jesus


ABERTURA

Lembra, Senhor, o teu amor

SALMO 24

Verdade e amor são os caminhos do Senhor

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Louvor e glória a ti, Senhor

OFERENDAS

Eis o tempo de conversão

COMUNHÃO

Nós vivemos de toda  a Palavra



DOMINGO – 04/03/12 -
Transfiguração


ABERTURA

Lembra, Senhor, o teu amor

SALMO 115

Andarei junto a Deus na terra dos vivos

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Louvor e glória a ti, Senhor

OFERENDAS

Eis o tempo de conversão

COMUNHÃO

Este é o meu filho muito amado



 3º DOMINGO - 11/03/12 - Mercadores no templo

 

ABERTURA

Lembra, Senhor, o teu amor

SALMO 18

Senhor, tu tens palavras de vida eterna

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Louvor e glória a ti, Senhor

OFERENDAS

Retorna Israel

COMUNHÃO

Destruí este templo



4º DOMINGO (Laetare) - 18/03/12 - Jesus vida e luz

ABERTURA

Senhor, eis aqui o teu povo

SALMO 136

Que se prenda a minha língua ao céu da boca...

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Louvor e glória a ti, Senhor

OFERENDAS

Retorna Israel

COMUNHÃO

Glorifica o Senhor, Jerusalém



SEGUNDA FEIRA – 19/03/12 - DIA DE SÃO JOSÉ,   Padroeiro da Igreja Universal


ABERTURA

Hino a São José

SALMO 88

...

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Louvor e glória a ti, Senhor

OFERENDAS

Meu coração é para Ti, Senhor

COMUNHÃO

Meu Senhor despojou-se de si sendo Deus



 5º DOMINGO – 25/03/12 – Morte e glorificação de Cristo


ABERTURA

Senhor, eis aqui o teu povo

SALMO 50

Criai em mim um coração que seja puro...

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Louvor e glória a ti, Senhor

OFERENDAS

Retorna Israel

COMUNHÃO

Se o grão de trigo não morrer



SEGUNDA FEIRA - 26/03/12 - ANUNCIAÇÃO DO SENHOR, solenidade transferida de ontem


ABERTURA

Doce Mãe de Deus

ANTES DO GLÓRIA

Do céu desceu um anjo (Uma mulher entra vestida de Maria; pára próximo ao altar; um homem vestido com túnica branca representa o anjo; assim que se depara c/ ele, ela inicia o canto de Maria e o anjo – Celina Borges e Dalvimar Galo)

GLÓRIA

Da Eliana Ribeiro

SALMO 39

...

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Louvor e glória a ti, Senhor

OFERENDAS

Abre bem os teus braços

COMUNHÃO

Quando seu Pai revelou o segredo à Maria



 

DOMINGO DE RAMOS – 01/04/12 - Os cristãos levam ramos em sinal do régio triunfo alcançado por Cristo ao morrer na cruz


PROCISSÃO

Folha própria

ABERTURA

Tu és o Rei dos reis

SALMO 21

Meu Deus e Pai por que me abandonastes?

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Salve, ó Cristo, obediente

OFERENDAS

Venho Senhor minha vida oferecer

COMUNHÃO

Agora o tempo se cumpriu / Nós vivemos de toda Palavra



ORIENTAÇÕES CELEBRATIVAS
DIRETÓRIO LITÚRGICO - 2012 - CNBB

TEMPO DA QUARESMA

O tempo da Quaresma visa preparar a celebração da Páscoa. Com efeito, a liturgia quaresmal dispõe tanto os catecúmenos, pelos diversos graus da iniciação cristã, como os fiéis, pela comemoração do batismo e da penitência, a celebrarem o mistério pascal.

Anotações

1. Durante este tempo, é proibido ornar o altar com flores; o toque de instrumentos musicais só é permitido para sustentar o canto. Excetuam-se o Domingo Laetare (4º Domingo da Quaresma), bem como as solenidades e festas.

2. A cor do tempo é roxa. No Domingo Laetare, pode-se usar cor-de-rosa (IGMR, n. 308f)

3. Em todas as Missas e Ofícios (onde se encontrar), omite-se o Aleluia.

4. Nas solenidades e festas somente, como ainda em celebrações especiais, diz-se Te Deum e o Glória

5. Sobre Missas votivas neste tempo, leia-se nas "Anotações Gerais" V.

6. Na celebração do Matrimônio, seja dentro ou fora da Missa, deve-se sempre dar a bênção nupcial; mas admoestam-se os esposos que se abstenham de demasiada pompa.

 

Cantar a Quaresma é antes de tudo, cantar a dor que se sente pelo pecado do mundo, que, em todos os tempos e de tantas maneiras, crucifica os filhos de Deus e prolonga, assim, a Paixão de Cristo... É um canto de luto, um canto sem 'glória' e sem 'aleluia', um canto sem flores e sem as vestes da alegria, um canto da 'profundezas do abismo' em que nos colocaram nossos pecados (Sl 130); um grito penitente de quem implora e suplica: "Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade, e conforme a vossa misericórdia, apagai a minha iniqüidade” (Sl 50). 

 

O hino da Campanha da Fraternidade de cada ano explicita o compromisso dos fiéis na vivência concreta da quaresma. Ele pode ser entoado em algum momento da homilia – o que facilitaria a vinculação da liturgia da Palavra com a “vida” (tema da CF) – ou nos ritos finais, no momento do “envio”.

 

“A Liturgia é o cume para o qual tende a ação da Igreja e,
ao mesmo tempo,
a fonte de onde emana toda a sua força” (SC, n. 10).

Aprendamos com o Senhor a viver “os Seus sentimentos” (Fl 2,5).

Fiquem com Deus,
LILA
99422706
mlbertolosoares@gmail.com